Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fonte do Olfato

Fonte do Olfato

e Vir Sapiens

Nesta viagem peregrina pelo Bom Jesus, depois de lances divergentes e convergentes, regressemos ao centro e à figuração do sentido do olfato.

O olfato é personificado por um jovem que verte, pelo nariz, uma corrente de água, segurando uma caixa aberta na mão, ladeada por dois cães, encimada com a esfera armilar. O sentido do olfato está simbolizado na fonte através, naturalmente, de um fiel amigo. Não há canino que ignore a silenciosa linguagem do apuradíssimo faro.

Uma estátua coroa a fonte, representando um homem com uma capa na mão direita e uma flor na esquerda. A figura Vir Sapiens, Varão Sábio, ostenta na peanha a mensagem bíblica: «FLORETE FLORES QUASI LILLIUM ET DATE ODOREM», traduzida por «dai flores como o lírio e rescendei suave cheiro», uma mensagem de sublimação do aroma da presença divina.

Uma esfera armilar foi colocada entre esta cartela e a moldura, composta de folhas de acanto estilizadas e dois cães (olfato apurado, símbolo de Cristo, amigo fiel, guia presente na vida e na morte).

DSC00133

O Bom Jesus do Monte, referência incontornável.