Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fonte do Paladar

Fonte do Paladar

A fonte do sentido do Gosto está representada por um homem de cabeleira comprida e ondulada que verte a água pela boca, segurando uma maçã na mão esquerda, ladeada por dois macacos. O sentido do Paladar está simbolizado na fonte através da figura do macaco, animal respeitado por muitos povos do mundo. Pelo gosto identificamos e sentimos os sabores.

O sabor é uma fusão de várias sensações. Para sentir o sabor, o cérebro interpreta não apenas os estímulos gustativos, mas também os estímulos olfativos e as sensações térmicas e tácteis.

Superiormente, a estátua de José do Egipto conduzindo na mão esquerda um prato de frutas e na direita um cálice, alusão à bênção da fertilidade profetizada à sua tribo, como elucida o dístico: «DE BENEDICTIONE DOMINI IN TERRA EJUS DE POMIS COELI, ET RORE», traduzida por «a tua terra seja cheia das bênçãos do senhor, dos frutos do céu, e do orvalho», uma alusão ao elixir da vida eterna.

No vértice temos o chapéu episcopal. Repare-se, ainda, na presença de mais um macaco no sopé da taça que recolhe a água.

DSC00143

DSC00140

O Bom Jesus do Monte, referência incontornável.